Esportes

Club Operário cancela contratação do goleiro Bruno

Publicados

em

 

JB News

Por Denise Niederauer

Uma reviravolta  depois da repercussão negativa e protestos da possivel contratação do goleiro Bruno Fernandes, a diretoria do Clube Esportivo Operário Várzea-grandense anunciou nesta quarta-feira (22,01), a desistência da contratação do atleta.

Veja o comunicado da direção:👇

E nessa terça-feira (21.01) no jogo de estréia pelo campeonato mato-grossense, no Estádio Dito Souza em Várzea Grande, centenas de pessoas entoram gritos de Bruno Não, Nas redes sociais o movimento ficou conhecido como #BrunoNão. Além disso cartazes e faixas também eram carregados por manifestantes contrários a vinda do goleiro. Crime – O goleiro Bruno Fernandes das Dores de Souza, foi condenado a mais de 20 anos de prisão por participação na morte da modelo Eliza Samudio, mãe do filho dele.Desde junho de 2019, Bruno Fetnandes passou para o Regime Semiaberto. Ele também é obrigado a ter um emprego para continuar no Regime Semiaberto.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Várzea Grande investirá R$ 2 milhões na recuperação de 12 Praças
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esportes

COB cancela regional dos Jogos Escolares e Secel reavalia calendário em Mato Grosso

Publicados

em

 

Cancelamento das etapas organizadas pelo Comitê Olímpico do Brasil (COB), agravamento da pandemia e a necessidade das escolas permanecerem fechadas são motivos para reconsiderar o cronograma previsto

Por causa do agravamento da pandemia causada pela novo coronavírus, o Comitê Olímpico do Brasil (COB) anunciou o cancelamento das etapas regionais dos Jogos Escolares da Juventude 2020, previstas para setembro. Essa é a fase em que os Estados, divididos em três regiões do país, disputam as vagas para a etapa final brasileira das modalidades coletivas. Para classificar as equipes mato-grossenses nas competições nacionais, a Secretaria de Estado de Cultura, Esporte e Lazer (Secel) já havia definido o calendário dos Jogos Escolares em Mato Grosso para este ano.

Além do cancelamento das regionais organizadas pelo COB, o aumento de pessoas infectadas pelo coronavírus no país e a necessidade de que as escolas permançam fechadas fazem com que a realização das etapas regionais e estaduais mato-grossenses também comece a ser reavaliada.

“O cenário pode mudar a todo tempo, tudo é muito incerto ainda, não sabemos quando voltarão as aulas, e depois quando serão autorizados os treinos dos atletas. Por conta disso e principalmente com a antecedência que precisamos trabalhar no serviço público, temos que pensar em algumas possibilidades”, informa o secretário adjunto da Secel, Jefferson Carvalho Neves.

A Secretaria elenca três alternativas a respeito da realização da competição escolar no Estado. Uma delas é manter o calendário que foi atualizado recentemente por causa da pandemia e que previa o início dos Jogos no fim de maio. Veja AQUI. Esse caminho considera uma conjuntura mais positiva em que os riscos de contaminação estivessem reduzidos e, com isso, as medidas de isolamento fossem afrouxadas.

Leia Também:  Penúltima rodada decisiva do Mato-grossense inicia-se neste sábado

“Para manter o calendário atual, com todos os nossos regionais e estaduais, consideramos um cenário em que as restrições de aulas, treinos e competições não durem muito mais tempo, inclusive porque os municípios também precisam ter tempo de realizar as fases municipais”, explica.

A segunda possibilidade é de cancelamento das etapas regionais, mantendo apenas as fases estaduais, possivelmente divididas por modalidades esportivas. E, na hipótese de do COB cancelar também a fase nacional prevista para novembro, a equipe da Secel avalia suspender toda a competição escolar em Mato Grosso.

De acordo com o COB, a confirmação da realização da fase nacional dos Jogos Escolares da Juventude acontecerá até o final de junho, considerando sempre a segurança dos jovens e as determinações das autoridades competentes.

“Nessa terceira hipótese, pensamos em realizar apenas o estadual de seleções estudantis municipais para que o Estado possa contar com pelo menos uma grande competição escolar neste ano. O cenário é de incertezas, precisaremos analisar os acontecimentos, mas será com a ajuda dos municípios e da comunidade escolar que poderemos construir decisões que sejam o melhor para todos e todas”, finaliza  Jefferson.

Leia Também:  Cliente encontra câmera filmadora escondida em quarto de motel em Cuiabá

Cancelamentos

Maior competição estudantil do Brasil, os Jogos Escolares da Juventude reúnem jovens de 12 a 14 anos e de 15 a 17 anos, de instituições de ensino públicas e privadas de todo o país. As etapas regionais canceladas pelo COB classificam as modalidades coletivas de basquete, futsal, handebol e vôlei para a fase final brasileira.

Neste ano, Cuiabá era candidata à sede da Regional Verde, que envolve os sete estados da região Norte, Mato Grosso e Distrito Federal, e estava prevista para acontecer de 02 a 06 de setembro. Uma comitiva do COB visitou a cidade na primeira quinzena de março, realizando inspeção de locais de competição e  reuniões com a equipe da Secel e com o setor hoteleiro.

Com cerca de 430.000 pessoas infectadas e mais de 19 mil mortes pelo mundo, a pandemia da Covid-19 causou o adiamento dos Jogos Olímpicos pela primeira vez na história.

O Ministério da Saúde contabiliza, até a tarde de quarta-feira (25.03), 2.433 casos oficiais de infecção e 57 mortes pelo novo coronavírus no país. Até o momento, há 326 casos suspeitos e nove confirmados em Mato Grosso.

Foto anexa: Alexandre Loureiro/COB

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA