CUIABÁ

Campanha de vacinação contra Poliomielite e Multivacinação começam nesta segunda-feira

Publicados

em

Campanha de vacinação contra Poliomielite e Multivacinação começam nesta segunda-feira (05)

ROBERTA PENHA

No período de 05 a 30 de outubro será realizada a Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e a Campanha Nacional de Multivacinação para Atualização da Caderneta de Vacinação das crianças e adolescentes até 15 anos de idade, sendo 17 de outubro, o dia “D” de divulgação e mobilização nacional.

Os objetivos da campanha são reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no país, oportunizar o acesso às vacinas, atualizar a situação vacinal, aumentar as coberturas vacinais e homogeneidade, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

Para a vacinação contra poliomielite, o público-alvo são as crianças menores de 5 anos de idade. “Nossa meta é vacinar 95% deste público na capital. As crianças de até 11 meses e 29 dias deverão ser vacinadas com a Vacina Inativada Poliomielite (VIP). As crianças de um ano a menor de cinco anos de idade que já tenham recebido as três doses da VIP, deverão receber a Vacina Oral Poliomielite (VOP)”, explica a responsável técnica da Imunização, Sandra Horn.

Leia Também:  Notícia sobre animal com Coronavírus é alarmante e pode gerar uma nova crise de saúde pública

Na multivacinação, o público-alvo são as crianças e adolescentes menores de 15 anos. Para as crianças de até 7 anos, serão oferecidas as vacinas contra BCG, Hepatite B, Penta, Polio inativada, Polio oral, Rotavírus, Pneumo 10, Meningo C, Febre amarela, Tríplice viral (sarampo,caxumba e rubéola), Tetra viral (sarampo,caxumba, rubéola e varicela), DTP, Hepatite A e Varicela.

Para crianças acima dos 7 anos e adolescentes, serão disponibilizadas as vacinas contra Hepatite B, Febre amarela, Tríplice viral, Difteria e tétano adulto, dTpa, Meningocócica ACWY, HPV quadrivalente e Varicela.

Sandra enfatiza que durante a campanha serão tomadas todas as medidas de proteção para diminuir o risco de contágio do coronavírus. “Vamos adotar as estratégias de distanciamento social, uso de EPIs, higienização constante das mãos, enfim, todas as medidas que a população já está familiarizada. Vale ressaltar que todos que comparecerem aos postos de saúde deverão usar máscara. Os responsáveis pelas crianças precisam levar o cartão do SUS e a caderneta de vacinação. Não deixem de levar seus filhos, este ano tivemos uma baixa cobertura vacinal devido à pandemia, por isso é muito importante que neste momento as crianças sejam imunizadas e atualizem suas cadernetas”, finalizou.

Leia Também:  Vacina contra a covid-19 será distribuída para MT em janeiro, confirma governador

Foto: Gustavo Duarte

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CUIABÁ

Abílio Jr cita plano de concessão de áreas públicas para enxugar a máquina em reunião com empresários

Publicados

em

JB News 

A Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC) conversou com o candidato à Prefeitura, Abílio Júnior (PODEMOS), na noite desta quarta-feira (21.10), em mais uma rodada de encontros on-line com os postulantes ao cargo de gestor municipal pelos próximos 4 anos. Já se reuniram com a entidade os candidatos Gisela Simona (PROS), Roberto França (Patriota) e Julier Sebastião (PT).

Com o objetivo de ouvir as propostas para o setor comercial e produtivo da Capital, a reunião por videoconferência, transmitida via Facebook/ACCuiaba, contou com a participação de diretores da entidade, que indagaram o candidato sobre suas ações para temas como saúde, educação, mobilidade urbana e desenvolvimento econômico, caso seja eleito em novembro.

“É importante abrir esse diálogo com o comércio, conhecer as propostas para o setor e também para a população cuiabana. Queremos demonstrar que estamos abertos para contribuir com ações para melhorar a vida de todos”, afirmou o presidente da ACC, Jonas Alves.

À frente da coligação “Cuiabá para pessoas”, que envolve os partidos Pode, PSC e Cidadania – este último, partido do vice, Felipe Wellaton – Abílio, que é arquiteto urbanista por formação, diz querer realizar uma verdadeira mudança na Prefeitura de Cuiabá, cortando secretarias e enxugando a máquina pública.

Leia Também:  Decreto libera cinema e teatro e altera horários do comércio, academias, Shopping Popular e shoppings centers

“É necessário reduzir as despesas da máquina pública, se não fizermos isso, estamos fadados ao endividamento da Prefeitura, o que acarreta em aumento de tributos”, citou o candidato ao ser questionado pelo diretor Manuel Gomes sobre prováveis parceiras públicas privadas em seu plano de governo.

“No nosso projeto, temos o maior plano de concessão de áreas públicas, para que a população e as empresas possam executar obras. As parcerias públicas privadas são necessárias para reduzir o custo da máquina pública”, completou Abílio.

Ele também respondeu indagações sobre o comércio ambulante na Capital, baseado na informalidade. “Vamos buscar conversar com vocês da Associação para encontramos uma solução onde haja equilíbrio e equidade, não podemos pensar que é só chegar lá e retirar todos usando força, e sim, buscar um equilíbrio”, justificou.

Sobre prováveis ações sociais voltadas para a população de rua, respondeu: “Precisamos colocar equipes técnicas para analisar esse setor e, posteriormente, iniciar parcerias com entidades filantrópicas para que essas pessoas sejam atendidas dentro dessas instituições”.

Leia Também:  Vacina contra a covid-19 será distribuída para MT em janeiro, confirma governador

A reunião foi mediada pela jornalista Luciane Mildenberger, assessora de imprensa da Associação Comercial de Cuiabá, e contou também com um número de whatsapp para perguntas.

Participaram do encontro os diretores Mariza Bazo, Manuel Gomes, Raul Homem M. de Carvalho, Roque Edu Alves Silva, Andrea Tereza de Rezende, Roberto Peron e Arnaldo Felício, além da gerente da ACC, Samanta Fernandes, da executiva da Facmat, Rita Matos, e assessores Jurídico e de Marketing, Rafael Furman e Mariana Pirani, respectivamente.

Por Luciane Mildenberger
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA