CUIABÁ

Busca por documentos motitivou operação da PF na secretaria de saúde de Cuiabá

Publicados

em

JB News

Por Alisson Gonçalves

A Operação da Polícia Federal (PF), na manhã desta segunda-feira 1 de Agosto, se deu conta da Secretária Municipal de saúde de Cuiabá, e a Empresa Cuiabana administradora do HMC e São Benedito, não ter enviado documentos que foram solicitados pela PF.

A informação foi divulgada pela própria Polícia Federal, vários documentos foram pedidos, porém não foram entregues, o que acabou culminando em mandados de buscas e apreensão.

Como já notíciado anteriormente, a PF investiga o desvio de mais de R$ 100 milhões da Secretária de Saúde de Cuiabá, a operação “Cupincha”, a segunda fase da operação Curare deflagrada em 2021.

Durante o desdobramento das investigações foi apurado que um grupo empresarial que presta serviços à Secretaria Municipal de Saúde do Município de Cuiabá e recebeu entre 2019 e 2021, mais de R$ 100 milhões, ‘manteve-se à frente dos serviços públicos mediante o pagamento propinas, seja de forma direta ou por intermédio de empresas de consultoria, turismo ou até mesmo recém transformadas para o ramo da saúde’.

Leia Também:  Mato Grosso registra 90.895 casos e 2.777 óbitos por Covid-19 até o final deste domingo

Ainda na época o ex-secretário da saúde Célio Rodrigues, e o empresário Paulo Roberto de Souza Jamur foram presos na operação.

Em nota foi divulgada,o motivo da Operação que não teve nenhuma ordem de prisão contra ninguém.

Nota à Imprensa:

Sobre ordens judiciais expedidas e cumpridas na manhã de hoje (1/8), a Empresa Cuiabana de Saúde Pública esclarece que:
-Na manhã de hoje (1), agentes da Polícia Federal cumpriram ordens judiciais de busca e apreensão de documentos perante à Diretoria Administrativa e Financeira (DAF) da ECSP (que funciona no Hospital Municipal de Cuiabá), no Hospital Municipal São Benedito. Uma equipe também se deslocou até a sede da Secretaria Municipal de Saúde (SMS);
– Mesmo diante da presença dos agentes, o atendimento nas unidades foi mantido, sem prejuízos aos cidadãos;
-A Empresa Cuiabana de Saúde Pública informa ainda que periodicamente realiza auditoria nos pagamentos efetuados às empresas terceirizadas, em atenção a premissa de transparência nos investimentos públicos;
– Reitera que permanece à disposição para o fornecimento de informações.

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Assistência Social realiza entrega de 150 cobertores para a população em situação de rua com a chegada de nova frente fria

Publicados

em

Por

Com a chegada da nova frente fria, a Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, inicia nesta quarta-feira (09), a distribuição de 150 cobertores da ‘Campanha Aquece Cuiabá’. As entregas serão feitas pela equipe do Centro de Referência Especializado à População em Situação de Rua- Centro Pop, a partir das 18h, em diferentes pontos de concentração da população em situação de rua.

A distribuição dos cobertores será feita enquanto permanecerem as baixas temperaturas, previstas até o final dessa semana. Desde o mês de abril, já foram distribuídos cerca de dois mil. Os locais percorridos são as regiões da Rodoviária, Porto, Praça Ipiranga e Morro da Luz.

Além dessa medida, o Executivo mantém o atendimento por meio do Centro POP. A unidade entregue no final do mês de maio desse ano, é voltada exclusivamente para atendimento desse público, onde é realizado o trabalho de busca ativa, identificação, proximidade e acolhimento dessas pessoas.

Leia Também:  Programa “Renda Solidária II agora é lei; Benefício de R$ 500 será pago a 375 famílias

A coordenadora de Proteção Especial, Fabiana Soares, lembra que muito mais que oferecer cobertores em razão do frio, a equipe possibilita acolhimento informando sobre as unidades existentes no município. “Sempre que realizamos esses tipos de trabalhos, realizamos essa abordagem para que essas pessoas sejam encaminhadas para as nossas unidades de acolhimento para adultos como, o Manoel Miraglia, da Guia e do Porto. No entanto, nem sempre eles aceitam”, comentou Fabiana.

A equipe de abordagem social realiza a entrega de 450 refeições diariamente, sendo 300 nos pontos de concentração da população em situação de rua e 150 aos trabalhadores do Aterro Sanitário. Essa ação acontece desde o início da adoção das medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus, no mês de março de 2020.

“É muito gratificante perceber que de uma forma ou de outra, estamos contribuindo para oferecer dignidade a essas pessoas que dependem do poder público. Graças ao empenho da gestão Emanuel Pinheiro, estamos mantendo a tradição, oferecendo acalento para os cuiabanos acostumados com o clima quente de Cuiabá”, concluiu a secretária municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

Leia Também:  Cuiaba passa a cobrar Compravante vacinal para crianças de 5 a 11 anos

Fonte: Prefeitura de Cuiabá MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA