Economia

Botelho defende instalação de indústrias em Mato Grosso

Publicados

em

Precisamos de indústrias, temos muita mão de obra, mas ainda com expressivo número de desempregados

Com informaçõesda  Assessoria

 

Em visita ao município de Nossa Senhora do Livramento, 38 km de Cuiabá, na manhã desta segunda-feira (20.01), o deputado Estadual Eduardo Botelho (DEM), falou da importância de estar próximo das bases para acompanhar melhor as ações realizadas pelas autoridades locais e firmar parcerias para fomentar a economia local. “Estamos intensificando as visitas nesse início de ano, porque depois que iniciam-se as atividades Legislativas, o ritmo do trabalho é muito intenso. Então, aproveitamos esse período para fazer esse contato com os correligionários, políticos e, especialmente, os prefeitos. Estamos satisfeitos com o grande trabalho que o prefeito de Livramento, Silmar de Souza (DEM), vem realizando na cidade e vamos continuar ajudando a sua gestão, porque Livramento precisa que essa gestão tenha continuidade e vamos trabalhar para isso”, declarou o deputado.

Botelho chamou ainda a atenção para a necessidade de indústrias em Mato Grosso e pediu apoio ao deputado Federal Neri Geller (PP), que o acompanhou durante a visita. “Livramento precisa melhorar ainda mais e para isso, precisamos de indústrias, o município tem vocação natural para a agricultura familiar e temos muita mão de obra, mas ainda com expressivo número de desempregados, estamos presenciando o aumento das drogas e violência na zona rural, e justamente o causador desse acréscimo é a falta de emprego, o senhor deputado que veio do meio rural e tem apresso pelo pequeno, nos ajude a conseguir trazer indústrias para o Estado, para assim, gerarmos emprego e renda para essa população. Conto com você Neri, para essa luta e grande caminhada, vamos trabalhar juntos”!

Leia Também:  Prefeitura de Cuiabá divulga data de desembolso dos projetos de Audiovisual e Cultura Popular

O prefeito de Livramento, Silmar Souza, agradeceu a presença e apoio dos parlamentares. “Agradeço o deputado Federal Neri Geller e do deputado Estadual Eduardo Botelho, pela ajuda em prol da população de Livramento, sempre presente em nossa gestão, acompanhando as deliberações da nossa cidade juntos ao Executivo e também nos apoiando com indicações e emendas parlamentares para nossa região”, agradeceu Souza.

O deputado Neri Geller, em sua fala, assumiu o compromisso de trabalhar pela industrialização do Estado. “Botelho, temos muito a caminhar, Mato Grosso é um gigante que deu muita oportunidade para muitas pessoas que vieram de fora e essas pessoas precisam fazer a parte delas pela população desse Estado e eu quero ajudar nisso”, declarou Geller.

Também esteve presente o vereador por Cuiabá, Vinícius Hugueney (PP), e os vereadores por Livramento, Gilson Almeida (PSDB), Airton Arruda (PSD), Erli Queluz (PHS), Edesio Pompilho (PSC), Paulo de Caraca (PSB), Manoel Gonçalo (PSDB), Admar Soprado (PSDB), Juca do Barreiro (DEM) e secretários municipais.

COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

Mauro Mendes sanciona ajuste da alíquota previdenciária do funcionalismo público em 14%

Publicados

em

Governador sanciona ajuste da alíquota previdenciária após aprovação da Assembleia Legislativa

Desconto passa a valer a partir do dia 1º de junho de 2020; Estado apresentará plano de custeio para ajudar a diminuir o déficit previdenciário

Lorena Bruschi | Secom-MT

Palácio Paiaguás – Foto por: Fachada do Palácio Paiaguás

Palácio Paiaguás

A | A

O governador Mauro Mendes sancionou a primeira etapa da reforma da previdência estadual, após aprovação pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso, que prevê o aumento da alíquota da contribuição previdenciária de 11% para 14%, seguindo os moldes da reforma nacional já implantada. A Lei Complementar nº 654/2020 foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE) que circula nesta quinta-feira (20.02).

Conforme a legislação, o desconto passa a valer a partir do dia 1º de junho de 2020. A medida foi aprovada para auxiliar o Estado a custear o déficit do Regime Próprio de Previdência Social do Estado de Mato (RPPS), gerido pelo Mato Grosso Previdência, que chegou ao valor de R$ 1,3 bilhão apenas em 2019.

Leia Também:  MPMT institui Banco de Peritos para agilizar vistorias e análises técnicas

O desconto incidirá sobre toda a remuneração dos servidores ativos do Poder Executivo, e sobre parte dos proventos dos inativos. Com a nova regra, os inativos que recebem até o valor R$ 3 mil estão isentos do pagamento da contribuição previdenciária.

Os aposentados que recebem mais que R$ 3 mil terão a isenção da alíquota sobre o valor de um salário mínimo, que equivale a R$ 1.045, e terão o desconto sobre o restante da remuneração.

Outro ponto previsto na nova Lei é que o Estado, por intermédio do Conselho de Previdência, tem até 31 de julho de 2020 para apresentar e implementar plano de custeio com o objetivo de equacionar o déficit atuarial do RPPS.

O plano de custeio está sendo elaborado pelo MT Prev com o auxílio de uma empresa especializada em cálculos atuariais. A análise atuarial aponta as previsões e riscos econômicos e financeiros e expectativas de fundos, principalmente os de previdência e pensão.

O objetivo principal do estudo é dimensionar os compromissos da previdência a longo prazo, e as ações que possam apontar ações que possam financiar a previdência, além de atender as exigências federais.

Leia Também:  Prefeitura de Cuiabá divulga data de desembolso dos projetos de Audiovisual e Cultura Popular

A segunda etapa da reforma da previdência estadual prevê mudanças nas regras de concessão do benefício como tempo de serviço e idade mínima. O texto com as mudanças foi aprovado pelo Conselho da Previdência após discussões e foi encaminhado para apreciação da Assembleia Legislativa, que deve analisar a proposta nos próximos meses.

Confira a Lei Complementar nº 654/2020.

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA