Esportes

Atlético-MG e Palmeiras começam a decidir futuro na Libertadores

Publicados

em

No ano passado, Atlético-MG e Palmeiras disputaram um lugar na final da Libertadores. Nesta quarta-feira (3), Galo e Verdão começam a decidir, novamente, uma classificação no principal torneio de clubes do continente: desta vez disputa as semifinais. A bola rola para o primeiro duelo entre alvinegros e alviverdes a partir das 21h30 (horário de Brasília), no Mineirão, em Belo Horizonte. O jogo será transmitido ao vivo na Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz, reportagem e plantão de notícias com Bruno Mendes.  

Em 2021, os paulistas levaram a melhor. Na partida de ida, no Allianz Parque, as equipes empataram sem gols. Na de volta, no Mineirão, nova igualdade, agora por 1 a 1, com gols dos atacantes Eduardo Vargas para o Atlético e Dudu a favor do Palmeiras. O critério do gol fora de casa (que não consta no regulamento deste ano) decidiu a classificação do Verdão, que ainda conquistaria o terceiro título sul-americano, sendo o segundo consecutivo, ao ganhar do Flamengo na decisão, em Montevidéu (Uruguai).

Leia Também:  Flamengo despacha o Corinthians e está nas semifinais da Libertadores

O cenário do confronto deste ano é diferente do ano passado. Em 2021, além de ter a melhor campanha daquela Libertadores, o Atlético liderava o Brasileirão (o Palmeiras estava em segundo) e também vinha forte na Copa do Brasil (onde o Verdão caiu na terceira fase, para o CRB). Os mineiros, inclusive, venceram os dois torneios. Desta vez, é o time paulista que encabeça a tabela do campeonato nacional (o Galo é o sétimo) e chega ao duelo como melhor time do torneio sul-americano, com 100% de aproveitamento após oito partidas.

Técnico que levou o Atlético aos títulos brasileiro e da Copa do Brasil em 2021, Cuca foi recontratado após a demissão de Antonio “El Turco” Mohamed, mas a reestreia foi amarga: derrota por 3 a 0 para o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre, no último domingo (31), pela 20ª rodada do campeonato nacional. Para complicar, o lateral Guilherme Arana saiu de campo reclamando de dores na coxa e virou dúvida – Dodô é opção. O volante Allan, que ainda cumpre suspensão pela expulsão no empate por 1 a 1 com o Emelec, em Guayaquil (Equador), no primeiro jogo do confronto das oitavas de final, está fora e deve dar a lugar a Otávio.

Leia Também:  Sete meses depois, Cuca está de volta ao comando do Atlético-MG

No reencontro de Cuca com a torcida no Mineirão, o Galo deve ir a campo com: Everson; Mariano, Nathan Silva, Junior Alonso e Guga (Guilherme Arana); Otávio, Jair e Nacho Fernández; Ademir, Keno e Hulk.

No Palmeiras, o técnico Abel Ferreira ainda não sabe se poderá contar com Rony, que está recuperado de uma lesão na coxa, mas sem ritmo de jogo. Na vitória por 2 a 1 sobre o Ceará, no sábado passado (30), na Arena Castelão, em Fortaleza, pelo Brasileiro, José López foi escolhido como substituto do atacante. Na ocasião, o treinador português escalou o Verdão com força máxima.

A provável formação alviverde terá Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Joaquín Piquerez; Danilo, Zé Rafael, Raphael Veiga e Gustavo Scarpa; Dudu e José López.

Ouça na Rádio Nacional

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:

Esportes

Copa do Brasil: Timão confia na virada contra Atlético-GO para avançar

Publicados

em

Por

Eliminado da Copa Libertadores da América, derrotado na última rodada do Brasileirão pelo arquirrival Palmeiras e precisando de uma vantagem de três gols para avançar às semifinais da Copa do Brasil. Assim o Corinthians entra em campo contra o Atlético-GO, nesta quarta-feira (17), às 21h30 (horário de Brasília), na Neo Química Arena. O Dragão venceu o jogo de ida por 2 a 0 e pode até perder por um gol de desvantagem que se classifica. Se o Timão devolver a diferença de dois gols, vamos para a disputa de pênaltis.

A missão da equipe paulista é muito difícil, mas, mesmo pressionado, o técnico Vítor Pereira saiu de campo após a derrota para o Palmeiras confiante no futebol corintiano e na virada.

“Nós temos que criar situações de gols e fazer gols. Não podemos ficar em branco como ficamos hoje (contra o Palmeiras). Com a mesma determinação, com a mesma coragem com que jogamos, será a motivação, a força como vamos encarar o jogo, sabendo que temos que marcar gols e não permitir gol nenhum. Sinceramente, eu acredito que vamos dar uma boa resposta”.

Do outro lado, Jorginho não quer deixar o rendimento do Atlético-GO cair. O técnico sabe que, apesar da vantagem conquistada no jogo de ida, a classificação ainda não está garantida.

Leia Também:  Palmeiras bate América-MG e abre vantagem na ponta do Brasileiro

“O mais importante é que a gente entre entendendo o jogo, o quanto será difícil. É um jogo não só contra uma equipe mas muita qualidade técnica, mas também um jogo que se torna uma guerra. A gente tem que ir para os confrontos muito bem preparado, ganhar os confrontos, as divididas, a gente não ser apenas uma equipe organizada, ousada, mas também uma equipe corajosa. Acho que jogando dessa forma a gente tem possibilidade de passar dessa fase”.

Quem passar do confronto entre Corinthians e Atlético-GO enfrenta Fluminense ou Fortaleza na semifinal. O tricolor carioca venceu a partida de ida por 1 a 0, no Castelão (CE).  

Ouça na Rádio Nacional

Fonte: EBC Esportes

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA