Entretenimento

Apresentador fecha com TV Cidade Verde e deixa Record 

Publicados

em

Mercado da comunicação mato-grossense segue movimentado e quem ganha é o público. Depois de importantes contratações nos últimos anos, a TV Cidade Verde – emissora independente com sede na Capital – surpreende mais uma vez e anuncia a contratação do jornalista e apresentador Lucas Ferraz. Estreará na telinha do Canal 12.1 em março, às 10h30, na apresentação do programa Olho Vivo na Cidade, sucesso de audiência uns anos atrás quando comandado pelo inesquecível jornalista Walter Rabelo.

Com 20 anos de experiência, Ferraz, como é mais conhecido, já trabalhou na TV Band e na Rede Record no Pará e Tocantins. Agora, deixa a TV Cidade/Record, de Rondonópolis, onde apresentava o programa Cidade Agora, exibido de segunda a sexta-feira e chega à Cidade Verde cheio de expectativas e ansioso para fazer a diferença na vida das pessoas. “Sou perfeccionista no que faço e acredito que nada supera o trabalho duro. Não abro mão de realizar serviços sociais, matérias que ajudem o próximo. Meu trabalho só será válido se eu puder ajudar o próximo”, avalia.

Leia Também:  Presidente da AMM participará da reunião com os poderes para discutir a situação dos municípios devido a pandemia da Covid-19

Filho de uma nordestina e criado em Belém (PA) passou a infância na zona rural e precisou trabalhar desde cedo para ajudar a família. Foi engraxate, vendedor de picolés e cobrador de ônibus. Descobriu a paixão pelo rádio aos 14 anos, ao observar um locutor de uma rádio comunitária. Numa dessas observações foi convidado pelo locutor para falar ao microfone e teve a certeza do que queria fazer na vida.

A carreira no rádio e na TV foi iniciada concomitantemente na cidade de Imperatriz (MA). Depois foi para Londrina (PR), para Campo Grande (MS), para Belém (PA) e para Palmas (TO) até chegar a Rondonópolis (MT), na TV Cidade, afiliada da TV Record. Agora, conta os dias para estrear na TV Cidade Verde, ao lado de profissionais renomados como Andersen Navarro e Arthur Garcia e Agnelo Corbelino.

Diretor geral da TV Cidade Verde, o jornalista Igor Taques, afirma que a contratação de Ferraz representa toda força que o Grupo conquistou após se tornar uma emissora independente. “A contratação de Ferraz é apenas um degrau a mais na escalada de sucesso projetado para a emissora em 2021”.

Leia Também:  Consórcios Vale do Guaporé e Complexo Nascentes do Pantanal são reativados

 

Paola Carlini e Fabiana Reis
COMENTE ABAIXO:

Entretenimento

Exposição traz fotos do Pantanal mato-grossense assinadas pelos fotógrafos José Medeiros e Deny Kobayashi

Publicados

em

Por

Por Maíza Prioli

A exposição “Da Fome Cinzenta à Esperança Pantaneira”, realizada pelo Grupo É o Bicho MT, chega ao Pantanal Shopping entre os dias 27 de fevereiro e 13 de março. São 20 fotos, feitas e doadas pelos renomados fotógrafos cuiabanos José Medeiros e Deny Kobayashi, que trazem imagens das paisagens e animais da fauna pantaneira e mostram o Pantanal em toda sua exuberância, mas também a devastação causada pelos incêndios que assolaram o bioma em 2020.

Todas as fotos poderão ser adquiridas pelo público, com preços que vão de R$ 230 a R$ 1.000. Também estarão à venda camisetas (R$ 50), máscaras (R$ 10), canetas (R$ 5) e cadernos (R$ 35). Todo o valor será revertido para o trabalho do Grupo É o Bicho MT.

O Grupo É o Bicho MT vem atuando no Pantanal mato-grossense desde o mês de setembro, minimizando a escassez de alimentos no período da fome cinzenta. Em cinco meses de ação, distribuiu mais de 250 toneladas de alimentos como frutas, legumes e ovos aos animais.

O trabalho de distribuição de alimentos foi encerrado no final de janeiro. Segundo a presidente do Grupo É o Bicho MT, Jenifer Larrea, com essa ação o grupo atingiu o objetivo que era de socorrer a fauna sobrevivente e minimizar os impactos causados pelas queimadas.

Mas a ação do É o Bicho MT no Pantanal continua, agora com foco em uma campanha de castração e vacinação de animais domésticos que vivem nas comunidades ribeirinhas do Pantanal e que não têm acesso a veterinários e alimento para esses animais, o que acaba se tornando uma questão de saúde pública.

“O Pantanal agora faz parte da história do É o Bicho MT e vamos continuar nossas ações por lá, agora focando na castração de vacinação de animais domésticos que vivem nas comunidades pantaneiras. Essa ação está sendo realizada em parceria com a ONG Panthera e com o fotógrafo José Medeiros, que desenvolve um lindo trabalho social no Pantanal também”.

“Receber uma exposição que trata sobre o nome do Shopping é muito gratificante e reconfortante para a gente. Durante as queimadas ajudamos com doações de comida e àgua e agora queremos manter apoio a causa, com foco sempre na manutenção e preservação deste importante bioma de Mato Grosso”, disse diretora de MKT do Shopping Pantanal Emanuelle Thomaz.

Sobre o É o Bicho MT

O Grupo É O Bicho MT é uma associação sem fins lucrativos, formada por protetores, voluntários, defensores e simpatizantes da causa animal de Cuiabá e região, que desde 2015 busca amparar, na medida do possível, os animais de rua e que vivem em situações rotineiras de maus tratos, apoiando as organizações e protetoras independentes de Cuiabá.

Diante da entristecedora situação do Pantanal, o grupo iniciou uma ação voltada para o auxílio da sobrevivência dos animais no Pantanal criando, assim, a campanha de arrecadação de alimentos para socorrer a fauna sobrevivente da região de Poconé.

A exposição é realizada pelo grupo É O Bicho MT e tem o apoio do Pantanal Shopping, GTX Sports e da Green Sabores Naturais.

Serviço:
Exposição fotográfica “Da Fome Cinzenta à Esperança Pantaneira – edição II”
Quando: de 27/02 a 13/03 – das 10h às 22h
Local: Pantanal Shopping (primeiro piso)
Entrada gratuita

 

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Juiz cita situação “inadmissível” e manda Prefeitura de Cuiabá reabrir UTIs Covid-19 imediatamente
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA