Economia

ANTT assina renovação antecipada da Malha Sudeste

Publicados

em

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), o Ministério da Infraestrutura e a concessionária MRS Logística S.A. assinaram, hoje (29), em Juiz de Fora (MG), o termo aditivo de renovação antecipada da Malha Sudeste, concedida em 1996 por 30 anos. A prorrogação consiste em mais 30 anos, a partir de 2026.

A operação da malha corresponde aos serviços que se executam sobre a principal infraestrutura ferroviária do Sudeste brasileiro, região mais populosa do país e relevante para a economia nacional. São 1.643 km de extensão, perpassando os estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo, com operação nos portos de Santos, Itaguaí, Sudeste, Guaíba e Rio de Janeiro.

“Para execução das operações na malha, são alocadas mais de 800 locomotivas e de 18 mil vagões, o que corresponde a 16% da frota ferroviária nacional. Aproximadamente 30% de toda a carga ferroviária brasileira passa pelos trilhos operados pela MRS, o que contribui para o desafogamento das estradas na Região Sudeste”, informou a ANTT.

Segundo a agência, a prorrogação antecipada do contrato trará novos investimentos que irão proporcionar a diversificação de cargas, maior segurança e melhoria na mobilidade urbana, com R$ 11 bilhões em investimentos na capacitação da malha ferroviária, na aquisição de ativos e em projetos de interesse público.

Leia Também:  Ex-Palmeiras, Deyverson assina contrato com o Cuiabá

Edição: Lílian Beraldo

Fonte: EBC Economia

COMENTE ABAIXO:

Economia

Mauro Mendes afirma pagar de forma integral o RGA 2022

Publicados

em

Por

JB News

Por Alisson Gonçalves

O governador de MT candidato a reeleição Mauro Mendes (UB), afirmou em entrevista nesta sexta-feira 12 Agosto, e afirmou  que vai pagar de forma integral o (RGA) Revisão Geral Anual referente a este ano 2022.

Segundo Mende, está proposta serve para valorizar mais o servidor público, e que o pagamento do (RGA) referente a este ano está previsto para janeiro de 2023.

Até então a data para o pagamento seria em maio, porém Mendes disse foi mudada a data de pagamento tudo com planejamento, outra afirmação do governador é que o pagamento do (RGA) deve acompanhar a inflação.

O RGA tem sido a briga dos servidores públicos com o Governo de MT, isso porque no ano de 2019 não foi pago o valor referente ao ano de 2018, isso porque o Tribunal de Contas do Estado de MT (TCE-MT), suspendeu o pagamento alegando o que estado de MT não teria atingidos todos os requisitos para fazer o pagamento.

Já no ano de 2020 e 2021, por conta da Covid-19, mais uma vez o servidor público ficou sem receber o RGA, apesar disso neste ano o governo fez reajuste de 7% nos salários dos servidores públicos, e agora faz compromisso de pagar integralmente e acompanhando a inflação o RGA em 2023.

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Bolsonaro sanciona MP que libera consignado a beneficiários do Auxílio
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA