Entretenimento

Ana Rafaela celebra a liberdade e a vida em canção inédita de Roberta Campos

Publicados

em

Ana Rafaela celebra a liberdade e a vida em canção inédita de Roberta Campos; Ouça “Pássaros a Voar”
Nesta quarta, 29/01, Ana Rafaela disponibiliza em todas as plataformas digitais seu novo single, “Pássaros a Voar”. A faixa, canção inédita de Roberta Campos e César Lacerda, é o segundo single do álbum “Despertar”, novo projeto da cantora e compositora mato-grossense.
“A canção é um convite a liberdade e o conforto que ela nos traz. Sempre que falamos em liberdade também pensamos nos riscos mas, quando há alguém ao nosso lado, isso nos traz mais confiança na vida e nos sonhos e é assim que a vida acontece de forma mais leve e agradável”, diz Ana Rafaela.
“‘Pássaros a voar’ é liberdade, um voo de encontro à vontade de ser e viver! Quando me encontrei com César Lacerda, rolou uma grande sintonia entre a gente, e numa tarde de café com pão de queijo, fizemos esta canção que foi traduzida lindamente por Ana Rafaela! Num arranjo urgente, de interpretação forte e delicada”, completa Roberta Campos.
O single vem na sequência de “Você e Eu” (Luth Peixoto), dueto com Tó Brandileone, lançada no ano passado. “Despertar”, que tem lançamento previsto para o primeiro semestre, traz oito faixas com produção musical de Raul Misturada e direção artística de César Lacerda.
Além dos singles já lançados, o álbum traz outras canções inéditas assinadas por expoentes da nova música brasileira, como Tó Brandileone, Phill Veras, Paulo Novaes e César Lacerda.
Sobre Ana Rafaela
Nascida em Cuiabá, Mato Grosso, Ana Rafaela cresceu em uma família de músicos e o interesse pela música surgiu ainda na infância. Aos 11 anos entrou para um coral e na adolescência aprimorou suas habilidades artísticas com cursos de canto, violão e teatro.
Com apenas 18 anos conquistou o público e ganhou projeção nacional ao ser uma das finalistas da primeira edição do The Voice Brasil. Em 2015, lançou seu primeiro álbum, Cantos.
Atualmente residindo em São Paulo, Ana Rafaela lança seu segundo trabalho, Despertar. Com sua voz suave e extremamente afinada, Ana Rafaela desponta como uma das promessas da nova música brasileira.
Ouça no spotify


 
Beatriz Saturnino 
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Desenvolve MT comprova eficiência e Governo de Mato Grosso vai manter estrutura
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CULTURA

5° Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso encerra neste domingo

Publicados

em

Com troféus feitos artesanalmente, a Mostra revela seus vencedores do ano em live no youtube e no facebook simultaneamente. 

 

Por Carol Damasceno 

  

A quinta Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso encerra neste domingo (13.09) as 19h (horário de Cuiabá- MT) com uma live dos membros do Coletivo Audiovisual Negro Quariterê no facebook (https://www.facebook.com/5mostracinemanegromt) e no canal do youtube (https://www.youtube.com/channel/UCN2S0uyw2n__OEVilYtr2Ww) onde os membros do coletivo irão anunciar os vencedores desse ano.  

Nesse ano, teremos as seguintes categorias: ficção, documentário, experimental e vídeo-clipe e menção honrosa e o júri popular que será computado na hora da live de encerramento.  

Para cada categoria, foi pensado num troféu que mescla pintura e escultura e mostra as várias possibilidades de existência negra. A escolha do artista foi pensada na Ruth de Souza que foi uma atriz brasileira. Foi a primeira atriz negra a protagonizar uma telenovela. Primeira dama negra do teatro, do cinema e da televisão do Brasil, foi a primeira artista nascida no país a ser indicada ao prêmio de melhor atriz num festival internacional de cinema, por seu trabalho em Sinhá Moça, no Festival de Veneza de 1954.  

O Sol, artista que confeccionou os troféus desse ano, é mato-grossense e tem 21 anos. Ele fez várias bonecas abayomis inspirado na Ruth de Souza com cores e roupas diferentes. Ele tem seus trabalhos nas artes plásticas com temáticas sobre gênero e sexualidade, necropolítica e regionalismos. A reciclagem é a técnica mais presente em suas obras.   

A quinta Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso tem como temática esse ano falar Sobre(vivência) e nada melhor que ter seus troféus inspirados na Ruth de Souza. 

 

SERVIÇO: 

O que é: Encerramento da 5° Mostra de Cinema Negro de Mato Grosso 

Quando: 13 de setembro de 2020 (domingo) as 19h 

Carol Damasceno
COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Como ganhar meu marido de volta da outra mulher
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA