Arquivos JB News 10 Anos

Ampa elege diretoria para triênio 2020-2022

Publicados

em

 

 

 

Paulo Aguiar, da região sul do Estado, substitui Alexandre Schenkel. Solenidade de posse acontece no fim do mês, em Cuiabá

 

A Associação Mato-grossense dos Produtores de Algodão (Ampa) elegeu, nesta sexta-feira (1º), nova diretoria para atuação no triênio 2020-2022, a décima a comandar a entidade. O produtor Paulo Sérgio Aguiar foi eleito presidente, tendo como vice Sérgio Azevedo Introvini. Outros 10 nomes compõem as demais funções da diretoria da Ampa, além de seis conselheiros fiscais – titulares e suplentes – também eleitos para os próximos três anos.

Paulo Sérgio Aguiar, que foi primeiro secretário na gestão que se encerra neste ano, substitui o produtor Alexandre Schenkel, que esteve à frente da Ampa desde 2017.  O atual presidente agradeceu o apoio de sua diretoria e dos associados pela dedicação na realização dos trabalhos.

“A vitória é de todo mundo, porque todos estiveram presentes nas decisões e nos trabalhos, doando-se pessoalmente, inclusive. A Associação é feita por pessoas que sempre confiaram na cultura e na organização do modelo que temos no Estado, de união”, declarou Schenkel, que passará a compor o Conselho Consultivo da Ampa no próximo ano.

Vice-presidente na gestão 2017-2019, o produtor Eraí Maggi também comentou a importância do trabalho desenvolvido pela Ampa para incrementar cada vez mais a imagem da cotonicultura de Mato Grosso em todo o mundo. 

Leia Também:  Município institui programa Pró-Família e nomeia representantes do comitê gestor

“A Ampa é uma entidade de muita representatividade no Brasil e no exterior. O nosso algodão é o produto do Estado que mais preocupa o mundo, pois é o que mais está crescendo, influenciando preço no mercado internacional inclusive. A entidade está presente em todas as ações para ajudar os produtores e tem feito um importante trabalho”, avaliou.

A nova diretoria toma posse no próximo dia 27, em solenidade a ser realizada na Capital. O presidente eleito mencionou os desafios que o setor do algodão deve enfrentar nos próximos anos, sobretudo quanto à situação fiscal dos governos.

“Os desafios são grandes. O país e estados estão mudando, a política está mudando. O déficit fiscal enfrentado em Mato Grosso e no Brasil é grande, os governos precisam de arrecadação e estão avançando muito sobre o setor produtivo. É preciso mostrar que o setor é muito enxuto, que as margens são pequenas. Isso demanda uma relação de muita conversa para mostrar dados, para que perceba que se avançar demais pode prejudicar a única coisa que mantém o Estado em pé”, mencionou Paulo Aguiar.

O novo presidente disse esperar que, da mesma forma como na atual gestão, a próxima diretoria tenha o apoio da base e que ele possa contar com o trabalho de todos os diretores. “Vou precisar muito da ajuda dos produtores, da diretoria. É uma diretoria muito igualitária, tem produtores de todas as regiões, e precisamos nos manter fortes e engajados para vencermos os desafios pela frente”.

Leia Também:  Fórum Sindical diz que greve geral do funcionalismo público em MT não está descartada

Confira a chapa eleita para gestão 2020-2022:

Diretor Presidente – Paulo Sérgio Aguiar

Diretor Vice-presidente – Sérgio Azevedo Introvini

Diretor 1º Secretário – Alexandre De Marco

Diretor 2º Secretário – Antônio Trento Scheffer

Diretor 1º Tesoureiro – André Guilherme Sucolotti

Diretor 2º Tesoureiro – Gustavo Pinheiro Berto

Diretor Regional Centro – José Nery Lazarini

Diretor Regional Centro Leste – Romeu Froelich

Diretor Regional Médio Norte – Alex Nobuyoshi Utida

Diretor Regional Noroeste – Cleto Webler

Diretor Regional Norte – Amilton José de Oliveira

Diretor Regional Sul – Celso Griesang

 

Conselheiro Fiscal Titular – Eraí Maggi Scheffer

Conselheiro Fiscal Titular – José Carlos Dolphine

Conselheiro Fiscal Titular – Orcival Gouveia Guimarães

Conselheiro Fiscal Suplente – Rudolf Thomas Maria Aernoldts

Conselheiro Fiscal Suplente – Ivan Konig

Conselheiro Fiscal Suplente – Valdir Roque Jacobwski

COMENTE ABAIXO:

Arquivos JB News 10 Anos

Kalil Baracat cobra melhorias na pavimentação de bairros

Publicados

em

Por

 

O vereador por Várzea Grande, Kalil Sarat Baracat de Arruda apresentou duas indicações que visam melhorias na pavimentação asfáltica de dois bairros da cidade.

Sua primeira indicação solicita do Poder Executivo Municipal junto à Secretaria de Infraestrutura a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica nas ruas do bairro Jardim Novo Horizonte, em sua totalidade.

Segundo Kalil a proposta é urgente e visa à realização de “tapa buracos” e reparos na pavimentação asfáltica.

“As ruas do bairro em questão encontram-se totalmente esburacadas, quase sem condições de tráfego, provocando pequenas colisões e avarias nos veículos dos que por ali transitam. É tamanha a calamidade em que se encontram as vias que não é possível especificar onde e quão grandes são os buracos. Atender à solicitação daquela comunidade é cumprir com o dever social e zelar pelo bem público e pelos munícipes”, explica o vereador.

Os moradores do bairro Jardim Potiguar também vem passando pelo mesmo problema e dessa forma, Kalil também indicou a necessidade de serviços de tapa buracos e reparos na pavimentação asfáltica em todas as ruas do bairro.

Leia Também:  Prefeitura multa 50 proprietários por calçadas irregulares

“ As ruas Jardim Potiguar estão cheias de buracos com o aumento do fluxo de veículos pela região devido aos desvios das obras da Copa, quase que sem condições de tráfego. Além da falta de conforto e segurança, os buracos deixam o bairro com aspecto feio e mal cuidado desvalorizando os imóveis construídos ali. Dezenas de colisões com prejuízos financeiros e lesões físicas são registradas todos os dias naquele local”, disse Kalil Baracat.

 

Michelle Carla Costa

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA