Tecnologia

Amazon Drive será encerrado e usuários devem baixar arquivos até 2023

Publicados

em

Amazon Drive será encerrado
Unsplash/Christian Wiediger

Amazon Drive será encerrado

A Amazon está se preparando para desativar o Amazon Drive em todos os países. Nesta sexta-feira (29), a gigante do e-commerce enviou um e-mail aos usuários para avisar sobre o encerramento do serviço para armazenar arquivos na nuvem. O Amazon Fotos permanecerá disponível para fazer backup de fotos e vídeos.

O Amazon Drive surgiu em 2011 e foi lançado no Brasil em 2014. Parte do seu sucesso veio da proposta de oferecer armazenamento ilimitado por US$ 59,99 ao ano aos usuários. A companhia, porém, passou a aplicar um limite de 1 TB no plano em 2017.

Mas o serviço chegará ao fim no ano que vem. “Nos últimos 11 anos, o Amazon Drive serviu como um serviço de armazenamento em nuvem seguro para os clientes da Amazon fazerem backup de seus arquivos”, anunciaram. “Em 31 de dezembro de 2023, não daremos mais suporte ao Amazon Drive para concentrar nossos esforços em fotos e armazenamento de vídeo com o Amazon Fotos”.

Apps do Amazon Drive serão retirados de lojas em 2022

O e-mail foi enviado a quem tem arquivos armazenados no serviço. Sendo assim, a companhia ressaltou que os usuários precisam baixar todos os seus arquivos até o fim de 2023. E tudo isso deve ser feito pelo navegador. Além disso, os apps para Android e iOS serão removidos das lojas de aplicativos em 31 de outubro de 2022. 

“Em 31 de janeiro de 2023, a Amazon não oferecerá mais suporte ao upload de arquivos no site”, afirmaram em uma página com perguntas e respostas sobre o encerramento da plataforma.

No comunicado, a companhia disse que os usuários poderão continuar a usar o Amazon Fotos para fazer backup e guardar fotos e vídeos na nuvem.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:

Tecnologia

WhatsApp vai permitir recuperação de mensagem apagada

Publicados

em

Por

WhatsApp terá novo recurso
Unsplash/Mourizal Zativa

WhatsApp terá novo recurso

O WhatsApp está desenvolvendo um recurso que permite que usuários revertam a exclusão de mensagens. A descoberta foi feita pelo WABetaInfo, que encontrou a novidade na versão beta (de testes) do mensageiro.

O recurso funciona de forma similar à opção de desfazer o envio de um email no Gmail. Assim que uma mensagem é excluída (seja para você ou para todos), aparece um aviso flutuante na parte inferior da tela escrito “mensagem deletada” e um botão de “desfazer”.

É possível desfazer a ação apenas por alguns segundos, já que o aviso flutuante some da tela rapidamente. A novidade pode ser bastante útil, por exemplo, para quando um usuário exclui uma mensagem apenas para si por engano, quando ela deveria ser excluída para todos na conversa.

Por enquanto, o WhatsApp não confirmou oficialmente a criação do recurso. Por isso, não é possível saber se a novidade será liberada para todos os usuários e nem quando isso poderia acontecer.


Fonte: IG TECNOLOGIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA