CUIABÁ

Abílio Jr vota e denúncia uso da máquina Legislativa no 2º turno das eleições neste domingo em Cuiabá

Publicados

em

 

JB News

Da Redação

O candidato a prefeito por Cuiabá Abílio Júnior do PSC,votou na manhã deste domingo na escola José de Mesquita, e no final deu uma entrevista para os jornalistas que cobriam o evento.

Na oportunidade Abílio fez duras críticas sobre as feke News”,dizendo que houve poucas ações do tribunal regional eleitoral (TRE),no intuito de combater as notícias falsas,para o candidato é muita propaganda e pouca ação.

“Mesmo assim conseguimos reverter 30 minutos da propaganda eleitoral a nossa favor,conseguimos desmentir as enxurradas de notícias falsas criadas para embaraçar a cabeça do eleitor”.

Sobre as pesquisas, Abílio disse que não teve perda de apoios,e sim um grande número de indecisos que começaram a manifestar as suas vontades e anseios e isso começou a influenciar  o resultado.

“Fizemos a nossa parte, debatemos nossas ideias, criamos e apresentamos  nossos projetos para Cuiabá, mostramos nosso combate à corrupção durante todo tempo , hoje é o dia da população tomar as decisões, e serem juízes,a população decidirá se Cuiabá merece continuar com uma pessoa envolvida em escândalos,ou aceita uma nova proposta para administrar a cidade.

Leia Também:  Vacinação contra Covid-19 retorna nesta terça-feira no Centro de Eventos do Pantanal

Segundo Abílio, o resultado da votação é inesperado. “Não dá pra mensurar o resultado, agora é esperar”.

Abílio também denunciou o uso da máquina Legislativa nas eleições do 2ºturno,segundo o candidato durante a manhã viu carros da Câmara Municipal carregando eleitores para votar,comentou também sobre a suposta prisão do vereador Macrean Santos na manhã deste domingo após uma denúncia de compra de votos, para Abílio cada ação como esta deve ser acompanhada e apurada pela Justiça Eleitoral e espera que isso seja esclarecido,porque compra de voto ainda é crime.

 

COMENTE ABAIXO:

CUIABÁ

Prefeito Emanuel Pinheiro lamenta morte de jornalista Elisângela Neponuceno pela Covid-19

Publicados

em

Por

Elisângela Neponuceno faleceu na madrugada deste domingo (07), no Hospital de Referência contra a Covid-19

SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, manifesta o seu profundo pesar pela morte da jornalista Elisângela Neponuceno, aos 47 anos. A comunicadora faleceu na madrugada deste domingo (07), após ser reinfectada pelo novo coronavírus (Covid-19).

Em 2020, quando foi infectada pela primeira vez, Elisângela chegou a ter 75% dos pulmões comprometidos pelo vírus, mas conseguiu se recuperar. No entanto, desta vez, apesar de todos os esforços da equipe médica do Hospital de Referência contra a Covid-19 de Cuiabá, a jornalista não resistiu.

Elisângela Neponuceno deixa seu legado no jornalismo de Mato Grosso, onde estabeleceu sua carreira profissional como repórter, assessora de imprensa e também fundadora de veículos de comunicação.

“Aos três filhos, esposo e todos os familiares da Elisângela estendo minhas condolências e o desejo que o conforto do nosso Senhor alcance o coração de cada um nesse momento de muita dor e tristeza. Perdemos não só uma excelente profissional como também uma pessoa honrada que, com toda certeza, era a maior inspiração para os filhos e muito amigos”, lamenta o prefeito.

Leia Também:  Único médico da Câmara Municipal defende medidas duras, mas é contra lockdown
COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA