CUIABÁ

Abílio Jr cita plano de concessão de áreas públicas para enxugar a máquina em reunião com empresários

Publicados

em

JB News 

A Associação Comercial e Empresarial de Cuiabá (ACC) conversou com o candidato à Prefeitura, Abílio Júnior (PODEMOS), na noite desta quarta-feira (21.10), em mais uma rodada de encontros on-line com os postulantes ao cargo de gestor municipal pelos próximos 4 anos. Já se reuniram com a entidade os candidatos Gisela Simona (PROS), Roberto França (Patriota) e Julier Sebastião (PT).

Com o objetivo de ouvir as propostas para o setor comercial e produtivo da Capital, a reunião por videoconferência, transmitida via Facebook/ACCuiaba, contou com a participação de diretores da entidade, que indagaram o candidato sobre suas ações para temas como saúde, educação, mobilidade urbana e desenvolvimento econômico, caso seja eleito em novembro.

“É importante abrir esse diálogo com o comércio, conhecer as propostas para o setor e também para a população cuiabana. Queremos demonstrar que estamos abertos para contribuir com ações para melhorar a vida de todos”, afirmou o presidente da ACC, Jonas Alves.

À frente da coligação “Cuiabá para pessoas”, que envolve os partidos Pode, PSC e Cidadania – este último, partido do vice, Felipe Wellaton – Abílio, que é arquiteto urbanista por formação, diz querer realizar uma verdadeira mudança na Prefeitura de Cuiabá, cortando secretarias e enxugando a máquina pública.

Leia Também:  Academias de Cuiabá cobram de prefeitura ampliação de horário de funcionamento

“É necessário reduzir as despesas da máquina pública, se não fizermos isso, estamos fadados ao endividamento da Prefeitura, o que acarreta em aumento de tributos”, citou o candidato ao ser questionado pelo diretor Manuel Gomes sobre prováveis parceiras públicas privadas em seu plano de governo.

“No nosso projeto, temos o maior plano de concessão de áreas públicas, para que a população e as empresas possam executar obras. As parcerias públicas privadas são necessárias para reduzir o custo da máquina pública”, completou Abílio.

Ele também respondeu indagações sobre o comércio ambulante na Capital, baseado na informalidade. “Vamos buscar conversar com vocês da Associação para encontramos uma solução onde haja equilíbrio e equidade, não podemos pensar que é só chegar lá e retirar todos usando força, e sim, buscar um equilíbrio”, justificou.

Sobre prováveis ações sociais voltadas para a população de rua, respondeu: “Precisamos colocar equipes técnicas para analisar esse setor e, posteriormente, iniciar parcerias com entidades filantrópicas para que essas pessoas sejam atendidas dentro dessas instituições”.

Leia Também:  Justiça manda site "Muvuca Popular" retirar conteúdos mentirosos contra Abílio Jr.

A reunião foi mediada pela jornalista Luciane Mildenberger, assessora de imprensa da Associação Comercial de Cuiabá, e contou também com um número de whatsapp para perguntas.

Participaram do encontro os diretores Mariza Bazo, Manuel Gomes, Raul Homem M. de Carvalho, Roque Edu Alves Silva, Andrea Tereza de Rezende, Roberto Peron e Arnaldo Felício, além da gerente da ACC, Samanta Fernandes, da executiva da Facmat, Rita Matos, e assessores Jurídico e de Marketing, Rafael Furman e Mariana Pirani, respectivamente.

Por Luciane Mildenberger
COMENTE ABAIXO:
Clique para comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CUIABÁ

Deputado acredita em manobra eleitoreira e pede imparcialidade de delegada

Publicados

em

DEPOIMENTO:

JB News

Membro da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, deputado Elizeu Nascimento, questionou nesta quarta-feira (25.11), o posicionamento da delegada titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, Jozirlethe Criveletto quanto ao depoimento do candidato a prefeito Abílio Jr. O parlamentar não vê nenhuma irregularidade no pedido de adiamento tendo em vista que a eleição ocorrerá daqui a quatro dias.
“Há tantos processos muito mais urgentes parados na Delegacia, como os casos de medida protetiva de mulheres, por exemplo, que têm seu prazo expirado até que seja analisado o processo. Então, qual a urgência no depoimento de Abílio, senão, atender a interesses parciais de cunho eleitoreiro?”, questionou Elizeu.
De acordo com o deputado, a Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa, por prerrogativa de função, pode convocar a delegada Jozirlethe Criveletto para prestar esclarecimentos acerca dos fatos. “A denúncia se deu por servidoras públicas da Prefeitura, sabidamente, ligadas ao adversário político de Abílio Jr, ora, qual a diferença em colher o depoimento hoje, a quatro dias das eleições, ou na próxima segunda-feira”, arguiu.
A defesa de Abílio Jr, patrocinada pelo advogado Alexandre Cesar Lucas, argumenta que o candidato não se recusou a prestar esclarecimentos, tão somente, solicitou adiamento em virtude da extensa agenda que cumpre em campanha política.
“Vamos ao fato de que, cinco servidoras comissionadas do prefeito Emanuel Pinheiro registraram ocorrência por “injuria e difamação” contra Abílio, mas, estranhamente a delegada quer que isso aconteça durante o período eleitoral. Em momento algum Abílio desrespeitou qualquer servidor público, seja homem ou mulher, e tampouco se recusou a depor”, expôs.
POLÊMICA
Não é a primeira vez que a delegada Jozirlethe Criveletto, titular da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cuiabá, se vê envolvida em polêmica. Em setembro deste ano ela foi denunciada no Ministério Público do Estado por transfobia, no exercício do cargo. Mulheres transgênero vítimas de violência doméstica alegaram que a delegada se negou a atendê-las pela ausência da genitália feminina. A denúncia aguarda analise de três promotorias diferentes do MP.
De acordo com a ativista da classe, Daniella Veyga, que foi quem registrou a denúncia, no plantão de outras delegadas, as vítimas trans conseguem atendimento como todas as outras mulheres. Somente Criveletto não aceita atender as vítimas.

Leia Também:  ‘Me causa vergonha’, declara Emanuel Pinheiro sobre vídeo do paletó

Veja o pedido:👇

Pedido de Adiamento – Abilio – Delegacia da Mulher

B.Os

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA