Economia

6 dicas para se tornar um tatuador de sucesso

Publicados

em

6 dicas para se tornar um tatuador de sucesso
Redação EdiCase

6 dicas para se tornar um tatuador de sucesso

Por Luana Farias 

Quebrando barreiras e tabus, o mercado de tatuagem tem crescido exponencialmente nos últimos anos, e o costume praticado há milênios transformou-se ao longo de todo esse tempo, sendo cada vez mais raro encontrar alguém que não tenha pelo menos um desenho no corpo, por menor que seja. 

O segmento que se mostrou muito lucrativo ganhou um novo olhar por parte dos empreendedores. De acordo com uma pesquisa divulgada pela IBIS World, a indústria global de tatuagem cresceu 23.2% em 2021, momento em que todos os setores estavam em queda no Brasil.   

Os números são confirmados pelo tatuador adepto ao minirrealismo e sócio do Unna Studio, Renato Ostrowski. “Realizamos em média 700 tatuagens por ano e, desde a criação do estúdio em 2019, já aumentamos nosso faturamento em mais de 100%. Notamos uma mudança no perfil dos nossos clientes que querem cada vez mais um desenho exclusivo, pensado com carinho e cheio de referências e significados” explica.

Profissionalismo é fundamental 

O tatuador ainda atribui o sucesso a proposta diferenciada que o estúdio oferece aos seus clientes desde o início. “As pessoas que nos procuram estão dispostas a pagar mais para ter acesso à um serviço excepcional: do atendimento, à estrutura, bem como à qualidade dos profissionais: todos os artistas do estúdio sempre foram pessoas acima da média, que possuíam e possuem identidades específicas e uma proposta artística muito forte”, diz Renato Ostrowski. 

Leia Também:  Aprovadas na ALMT, reposição florestal e proibição da taxação da energia solar favorecem o agronegócio afirma Fórum Agro

O profissional afirma que hoje a tatuagem é vista como um bom negócio , mas para isso é necessário um olhar mais profissional. “Observamos na época que os estúdios ainda eram amadores, não se atentam às normas vigentes, um bom espaço e, até mesmo, as estratégias de marketing digital, então fizemos o contrário […] “, complementa.

Considerando isso, Renato Ostrowski elenca 5 dicas para ajudar os profissionais que desejam seguir no ramo da tatuagem. Confira! 

1. Foque na experiência do cliente  

Não basta uma tatuagem bonita, invista em uma boa experiência para o cliente. Esse relacionamento se estende em todos os campos, seja online ou física. “Muitos tatuadores oferecem uma comunicação ineficiente, truncada e lenta. É preciso facilitar esse processo, levar segurança e conforto para seu cliente e, claro, ir além do comercial”, explica Renato Ostrowski.

2. Invista na presença digital

Hoje em dia seu portfólio deve estar nas redes, como Instagram , TikTok e Whatsapp . A produção de conteúdo nessas redes manterá você e seu negócio sempre em evidência. Por isso, as use em seu favor. Além de divulgar seu negócio de tatuagem, você poderá se aproximar do seu cliente.

3. Tenha uma equipe qualificada 

Tenha uma equipe pronta para entregar o melhor em qualquer projeto, desde o mais simples até o mais complexo. Além disso, Renato conta que deve ter transparência na relação, nas ações e nos resultados financeiros. “Um bom clima organizacional faz diferença, principalmente em um estúdio de tatuagem, onde deve ser um ambiente mais descontraído”, diz o tatuador.

Leia Também:  9 dicas para se proteger das doenças de inverno

4. Personalize o espaço 

O espaço precisa ter personalidade e conforto. Todos precisam se sentir bem no ambiente que ficarão por umas boas horas. Invista na criatividade também, um local bem iluminado, música adequada e uma decoração refinada, além de chamar atenção de forma positiva, te colocarão em outro patamar.  

5. Siga as normas vigentes

É importante que você siga as normas vigentes. Ou seja, será preciso cadastrar o estúdio de tatuagem na Receita Federal, obtendo, assim, um CNPJ. Além disso, é necessário que você adeque o espaço de trabalho às normas de higiene determinadas pela Anvisa. Certifique-se que seu estúdio está seguindo todas as regulamentações para proteger a sua e a saúde dos clientes.

6. Mantenha-se atualizado 

Por fim, Renato Ostrowski reforça que o segredo é se manter atualizado e debruçar para entender o que seu público-alvo busca. Afinal, a tendência é que o mercado continue crescendo e, com isso, surgirão novos estúdios, outros profissionais e você precisará se destacar da concorrência. “Ofereça mais que uma sessão de tatuagem, ofereça experiências diferentes e um trabalho de qualidade”, conclui o profissional.

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:

Economia

10 dicas para se sair bem na dinâmica em grupo

Publicados

em

Por

10 dicas para se sair bem na dinâmica em grupo
Redação EdiCase

10 dicas para se sair bem na dinâmica em grupo

Saiba como se preparar para essa fase do processo seletivo

Por Eco Editorial

A dinâmica em grupo é a etapa do processo seletivo em que os candidatos interagem uns com os outros para desenvolver determinadas tarefas em equipe. Esse tipo de teste costuma ser muito cobrado, por isso, é fundamental estar preparado para ele. Confira a seguir 10 dicas para se sair bem e garantir uma vaga.

Invista na carreira profissional que você gosta

1. Conheça a empresa

Procure se informar sobre a empresa e a vaga antes de iniciar a dinâmica. Pode haver perguntas sobre isso.

2. Preste atenção ao vestuário

Procure descobrir como as pessoas nessa empresa se vestem. Na dúvida, opte por roupas clássicas.

3. Seja você

Não tente fingir o que você não é, buscando “acertar” qual é o perfil desejado para a vaga. Os profissionais da seleção costumam saber quando alguém está fingindo. Seja autêntico!

Leia Também:  5 dicas para alongar o corpo durante o trabalho

4. Fale o essencial

Não fale demais, tentando “roubar” o tempo dos outros ou interrompê-los o tempo todo. Mas também não fique quieto demais. Apresente e defenda as suas ideias.

Entenda a importância da inteligência emocional no trabalho

5. Faça parte do grupo

Participe ativamente das atividades em grupo, dando ideias e colaborando com os demais.

6. Cuidado com as gírias

Não use gírias e palavrões. Evite vícios de linguagem , como o excesso de gerúndio.

7. Escute com atenção

Para não repetir o que já foi dito, escute com atenção os demais candidatos.

8. Preste atenção na explicação do recrutador

Atente-se à explicação do recrutador. Há várias atividades que avaliam justamente a atenção do candidato.

Saiba como se comportar nas entrevistas e evite gafes

9. Seja pontual

Chegue 15 minutos antes do início da dinâmica.

10. Deixe a timidez de lado

Por mais que você seja tímido e não goste de participar de dinâmicas em grupo , entenda que em algum momento vai ter que passar por isso. Apenas faça o seu melhor e lute pela vaga desejada.

Leia Também:  4 dicas para diminuir o colesterol ruim

Confira mais dicas de carreira na revista ‘Sim, você pode!’

Fonte: IG ECONOMIA

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

POLÍTICA

POLICIAL

MAIS LIDAS DA SEMANA